Frankfurt, Alemanha – 2 de setembro de 2018 * Tradução no texto original em inglês
Boa tarde a todos! Como estão os senhores? Estão aproveitando sua estadia em Frankfurt? Primeiramente, eu gostaria de agradecer ao reverendo Thomé. Quando cheguei a Frankfurt, ele me contou que chegou aqui quando tinha 28 anos de idade e veio dedicando sua vida por 34 anos na Alemanha. Acredito que é por causa desse esforço que eu, os senhores e os visitantes do Japão podemos estar aqui hoje. Gostaria de agradecer ao reverendo Thomé do fundo do meu coração. Eu também gostaria de agradecer à Sra. Zi Sun, esposa do reverendo Thomé. Acredito que ela tenha passado por momentos difíceis, mas sempre acompanhou o reverendo Thomé caminhando em frente e avançando a Obra Divina até hoje. Assim, eu gostaria de agradecê-la. Gostaria de agradecer também aos membros da Alemanha e aos membros da Europa em geral. Gostaria de estender meu agradecimento não somente aos membros que estão aqui hoje, mas, também, aos membros que estão na Europa há muito tempo e que passaram sua fé de geração em geração. Se isso não tivesse acontecido, o evento de hoje não seria possível. Assim, gostaria de expressar minha sincera gratidão aos membros da Europa. Também gostaria de agradecer aos jovens do Japão e aos membros japoneses que se manifestaram em apoio a Kyoshu-Sama para apoiar a verdadeira Obra Divina de Meishu-Sama. Não encontro palavras para expressar minha gratidão a eles. Tentarei representá-los aqui; eu não quero estar sozinho. Eu vim para a Alemanha sozinho, mas os membros do Japão estão comigo – tenho certeza que hoje eles estão presentes comigo aqui. Como o reverendo Thomé acabou de dizer, eu acredito que a Obra Divina de Meishu-Sama entrou numa nova fase. Acredito que somos muito privilegiados por podermos servir nessa obra e sinto orgulho de servir junto aos senhores. Meishu-Sama nos deixou muitos ensinamentos, muitas atividades. Ele nos deixou o Johrei, a Agricultura e Alimentação Naturais e a Arte. Porém, sua conclusão – a conclusão de sua vida – foi nascer de novo como o Messias. O que Kyoshu-Sama veio nos ensinando há mais de dez anos também se resume em um só ponto. Isto é: “Seguindo os passos de Meishu-Sama, vamos nascer de novo como Messias!”. Os senhores também gostariam de nascer de novo como filhos de Deus? Como Messias? Acredito que, neste exato momento, Deus está nos perguntando: “Você quer ser meu filho ou não?”. Ele está nos fazendo essa pergunta em nosso interior. Acho que cabe a cada um de nós decidir como iremos responder, mas acredito que todos nós que estamos reunidos aqui hoje queremos responder “sim!” à essa pergunta. Acredito que Deus e Meishu-Sama ficarão muito felizes se assim o fizermos. Tenho certeza que, no Paraíso, Deus e Meishu-Sama gostariam de nos acolher assim (apontando para o retrato de Meishu-Sama), com um enorme sorriso. Como está escrito no nosso novo folheto (Quem Somos Nós – Nascemos na Terra para nos tornarmos filhos de Deus), dois mil anos atrás, Jesus Cristo sacrificou sua vida e redimiu nossos pecados, redimiu toda a humanidade. Ele depois ressuscitou e cumpriu a vontade de Deus tornando-se Seu filho, o Cristo, o Messias. Em 1954, Meishu-Sama também nasceu de novo como o Messias. Meishu-Sama e Jesus Cristo – os dois juntos – são um só. Nossa religião e a religião cristã – as duas juntas – são uma só. Isso porque a vontade de Deus é uma só. A vontade de Deus é que todos os seres humanos nasçam de novo como Seus filhos, Messias. Esse é o único desejo de Deus. Apesar desse desejo de Deus ser claro, ele não foi realizado no cristianismo. Por isso, Deus precisou enviar Meishu-Sama à Terra. Nesse sentido, nossa missão, nossa tarefa, é imensa. Ela é muito séria. Temos a missão de concluir aquilo que não foi concluído no cristianismo. Isso depende de nós, da nossa Igreja. É a nossa religião que traz a verdadeira salvação ao Mundo inteiro. Frequentemente dizemos que somos seguidores de Meishu-Sama, mas eu acredito que, até hoje, viemos escolhendo que parte de sua obra queríamos seguir. Porém, Meishu-Sama está nos dizendo: “Se quiserem me seguir, sigam-me 100%.” Acredito que essa mensagem – que todos podemos nos tornar filhos de Deus, que podemos nos tornar Messias – é a mensagem pela qual o Mundo inteiro veio aguardando. Talvez haja pessoas que a rejeitem, mas eu acredito que há pessoas que estão esperando por essa mensagem. Hoje, esse evento marca um dia histórico. Hoje é o dia em que a verdadeira mensagem de Meishu-Sama começa a ser divulgada por todo o Mundo. Estou muito feliz por estar aqui com todos os senhores. Quero trabalhar com os senhores para alcançar o que Meishu-Sama verdadeiramente almejou. Vamos juntos!

Este conteúdo está disponível em: 日本語 English