Culto do Outono de 2018

“Concretização da profecia do Reino dos Céus”

Ao ler a Bíblia hoje, encontrei três pontos de extrema importância. São eles: o Juízo Final, o Reino dos Céus está próximo e a segunda vinda de Cristo.

Ao considerá-los, eu concluí que o Juízo Final será feito por Deus e a segunda vinda de Cristo ocorrerá quando chegar o tempo certo. Portanto, essas duas profecias não precisam de explicações. No entanto, no que concerne à profecia do Reino dos Céus, essa, e somente essa profecia, será concretizada pelos seres humanos. O Paraíso precisa ser construído através do esforço humano. Assim, é natural que, algum dia, alguém precisará se tornar o seu arquiteto e o concretizará.

Se isso é verdade, nós acreditamos que esse “algum dia” é o presente e esse “alguém” é a nossa religião. Na realidade, nosso trabalho já teve início. Notem que estamos atualmente construindo o protótipo do paraíso, como divulgado frequentemente em nossas publicações.

Consequentemente, o nosso trabalho de construção de um paraíso na Terra comprova que a profecia de Jesus Cristo é verdadeira. Entretanto, eu não tenho nenhuma intenção de vangloriar-me disso, uma vez que tanto a profecia bíblica quanto o fato de nós a estarmos concretizando são manifestações da vontade de Jeová. Com o Seu amor pela humanidade, e para construir um mundo ideal, Deus escolhe e usa quem Ele deseja, da forma como Ele deseja.

Assim, o que nós estamos fazendo no presente já foi profetizado dois mil anos atrás por Jesus Cristo. Nossa tarefa é pôr em prática a profecia de Jesus e eu acredito que Deus confiou essa missão à nossa religião.

Revista Paraíso Terrestre, N.º 14, 20 de março de 1950

Este conteúdo está disponível em: 日本語 English