안녕하세요! – An-nyeong-ha-se-yo! (Boa noite!)

Hoje, terceiro dia da comitiva de Kyoshu-Sama na Coreia do Sul, foi realizado o encontro de ministros com Masaaki-Sama no Johrei Center Masan.

Liderados pelo Masaaki-Sama, primeiramente, todos entoaram a oração Amatsu-Norito. Após a ministração do Johrei, o Rev. Kawatani, vice-presidente da Sede Central Izunome, saudou os participantes: “Como é do conhecimento de todos, Masaaki-Sama se tornará o nosso Quinto Líder Espiritual e acredito que a oportunidade que os senhores estão tendo hoje de conversar com ele é o maior tesouro das vossas vidas. Hoje, teremos pouco tempo juntos, mas aprenderemos uns com os outros e oro para que todos tenham hoje um intercâmbio magnífico, ligando profundamente vossos corações com Masaaki-Sama e criando com isso fortes elos como os de verdadeiros irmãos.”

Na saudação inicial aos participantes, Masaaki-Sama disse: “Kyoshu-Sama tem dito: ‘Mesmo que haja uma única pessoa necessitando de mim, irei ao seu encontro’. Portanto, mesmo que haja uma única pessoa necessitando de Kyoshu-Sama, pretendo caminhar lado a lado com essa pessoa, não apenas hoje, mas até aonde for preciso”.

Posteriormente, Masaaki-Sama respondeu às perguntas feitas por dois ministros, citando o que é a verdadeira salvação almejada por Meishu-Sama e o que Kyoshu-Sama está querendo transmitir aos membros do mundo inteiro. Citaremos alguns trechos:

——————————

Pergunta:

Peço para que nos ensine o que o senhor, Masaaki-Sama, pensa a respeito da visão e do futuro da nossa Igreja, e o que devemos fazer para correspondermos ao sentimento de Meishu-Sama ao criar a Sekai Meshiya Kyo (Igreja Mundial do Messias).

Reposta (trechos):

Penso que cada um de nós deve reconhecer que, para Meishu-Sama, o termo Messias do nome Igreja Mundial do Messias é algo importantíssimo. No entanto, em 1957, o nome que foi legado por Meishu-Sama foi alterado, passando de Igreja Mundial do Messias para Igreja Messiânica Mundial. Da mesma forma, em 1972, o Templo Messias, nome outorgado por Meishu-Sama, passou a ser chamado de Templo Messiânico. Penso que existem as mais diversas razões para isso ter acontecido. O mundo todo considera que Jesus Cristo é o único Messias e, portanto, o fato de o termo Messias fazer parte de nomenclaturas como “Igreja Mundial do Messias” e Templo Messias” fazem com que muitos questionamentos sejam feitos: “Qual a relação com o cristianismo?”, “Quem é o Messias?”, “Só Meishu-Sama é o Messias?”, “Jesus Cristo não é Messias?”, etc. Porém, não se causa qualquer problema se questionamentos como esses não forem feitos e, por causa disso, penso que evitaram o uso do termo Messias para que não ocorresse atritos com outras religiões. Todavia, creio que houve a necessidade de o nome Messias ter sido omitido naquela época. Caso contrário, é possível que a sociedade daquela época viesse a acabar com a nossa religião, por estarmos transmitindo que somente Meishu-Sama é o Messias.

No meu entendimento, primeiro Deus outorgou a Meishu-Sama o nome Messias. Contudo, até sermos capazes de compreender o verdadeiro significado de Meishu-Sama ter utilizado o nome Messias, Nidai-Sama e Sandai-Sama devolveram momentaneamente esse sagrado nome a Deus por intermédio de Meishu-Sama. Nesse sentido, penso que o fato de a Igreja Mundial do Messias tornar-se, temporariamente, “Igreja Messiânica Mundial” e o Templo Messias passar a ser chamado de “Templo Messiânico” são ocorrências que fazem parte do Plano Divino.

Entretanto, creio que é chegado o momento! Não há mais por quê continuarmos escondendo o nome que nos foi legado por Meishu-Sama. Por isso, penso que Deus, através de Meishu-Sama, fez com que o nome Messias fosse novamente outorgado ao atual Kyoshu-Sama. E, ao recebê-lo, Kyoshu-Sama está agora perguntando para cada um de nós: “Você aceita o nome Messias?” Assim como Kyoshu-Sama nos disse ontem, Deus está questionando cada ser humano: “Você quer ser Meu filho?”. É por isso que se trata de uma decisão a ser tomada por cada um de nós.

Gostaria de pensarmos juntos a respeito do significado de nascer de novo. Kyoshu-Sama nos ensina que devemos oferecer a Deus todos os inúmeros pensamentos que ocorrem no dia a dia. Creio ser muito forte a imagem de que, por meio dessa prática de fé, nossos sentimentos serão salvos. No entanto, penso que a prática de oferecer a Deus pequenas coisas do nosso cotidiano é algo que está diretamente ligada ao caminho que nos levará a nascer de novo como filhos de Deus. Isto porque, Meishu-Sama sofreu um derrame cerebral em 19 de abril de 1954 e creio que, naquele momento, Meishu-Sama pode ter pensado que sua vida terrena estaria chegando ao fim. Contudo, creio que Meishu-Sama deva ter pensado: “Eu próprio pensei que era uma questão de vida ou morte para mim, mas, em primeiro lugar, a vida não é algo que me pertence. A vida pertence a Deus!”. Meishu-Sama percebeu que havia se apossado da vida e deve ter elevado seu pensamento a Deus dizendo: “Ofereço minha vida à Vos.” E, com isso, devolveu-Lhe sua própria vida. Deus, por sua vez, acolheu a vida de Meishu-Sama e, ao invés de fazer com que a vida terrena de Meishu-Sama chegasse ao fim, outorgou-lhe uma vida nova. É por isso que, em 5 de junho de 1954, Meishu-Sama disse que se sentia como um bebê recém-nascido quando declarou o “nascer de novo”. Assim sendo, temos que refletir sobre qual é o nome dessa nova vida. Qual foi o nome outorgado a vida nova de Meishu-Sama. Isto é, o nome Messias. Penso que esse é o motivo de Meishu-Sama ter declarado que um Messias nasceu.

A luz de Deus ilumina toda a humanidade, não é verdade? Quando a luz incide sobre algum objeto, evidentemente surge a sua sombra. Não seria esse o motivo de nós sentirmos ódio, insegurança, inveja ou ciúmes de outras pessoas? Esses sentimentos, são como sombra. Eles surgem devido a incidência da luz de Deus e é por isso que sentimos o surgimento dessas “sombras” em nossos corações. É dessa forma que Deus está tentando fazer com que o mundo inteiro se torne um Mundo de Luz, informando a todos nós quais são os pontos que precisamos melhorar.

Pouco antes de ascender, Meishu-Sama afirmou diversas vezes: “Doravante, viveremos o mundo do sonen. O Johrei não será a questão principal. O mais importante será o sonen”. Creio que, até hoje, não foi nada fácil compreendermos o significado destas palavras de Meishu-Sama e dos seus ensinamentos. Entretanto, creio que o que Kyoshu-Sama está nos ensinando é a união entre sonen e Johrei, e que o verdadeiro significado dessas palavras não significa a extinção do Johrei. Por outro lado, penso que a divina obra de purificação pelo Johrei deve ficar cada vez mais intensa.

Ao ministrarmos Johrei, é a nossa mão ou é a mão de Deus que ministra o Johrei? É uma delas não é verdade? Se mentalizarmos a mão de Deus, isso significa que não existe um segundo sequer em que o mundo e todos os seres humanos não estão sendo envoltos pela Sua luz. Penso que Deus sempre está no nosso interior, fazendo fluir intensamente a Sua luz, para envolver nosso coração com o Seu amor por meio da luz do Johrei.

Por essa razão, as sombras do nosso coração, nossa própria sombra, estão sob a incidência da luz. Surgem dentro de nós inúmeros pensamentos e sentimentos, frutos de situações como um mal relacionamento com outras pessoas ou quando algo não corre bem no trabalho. Da nossa parte, basta somente pensar: “Isso mostra que Deus está ministrando Johrei em mim! Estou sendo purificado pela luz, tornando-me um ser límpido, e estou sendo guiado ao mundo magnifico que é a origem dessa luz.”

Nos momentos em que, na prática, vamos ministrar Johrei, creio que podemos pensar da seguinte maneira: “A minha mão, que levanto agora para ministrar Johrei, é a mão de Deus. Essa mão, existe dentro de mim e também dentro da pessoa que está na minha frente agora. Vós estais a purificar tudo e todos, buscando nos acolher no Paraíso, que é o magnifico mundo da luz!”

O mundo isento de doença, pobreza e conflito existe no Paraíso! Se regressarmos a ele dizendo “regresso ao mundo da Luz, que é o Paraíso”, o mundo isento de doença, pobreza e conflito irá se refletir na superfície terrestre por meio da Lei de Precedência do Espírito sobre a Matéria, o que torna possível a cura das doenças. No entanto, é praticamente impossível concluir-se um mundo isento de doença, pobreza e conflito somente com o esforço humano ou com a força que existe sobre a superfície terrestre. Isto porque, esse mundo existe dentro do Paraíso. Portanto, não é possível fazer esse mundo surgir na Terra sem o aparecimento da força que se faz presente dentro dele. Falamos “obra do Johrei”, mas ela consiste no fato de Deus estar querendo nos acolher no Paraíso. Por esse motivo, precisamos perceber que devemos regressar juntos ao Paraíso. Todavia, se conseguirmos, primeiramente, nos elevarmos ao Paraíso e fazer com que esse mundo maravilhoso se reflita na Terra, instantaneamente será concretizado sobre a superfície terrestre o mundo isento de doença, pobreza e conflito. Penso, portanto, que não é algo difícil de ser realizado. Por isso que, assim como foi perguntado há pouco sobre o que eu penso a respeito da visão e o futuro da nossa Igreja, penso que no futuro, em um futuro não muito distante, um mundo magnífico repleto de luz irá se manifestar. Tenho convicção de que esse é o maravilhoso futuro que nos aguarda.

——————————

Por fim, Masaaki-Sama apertou as mãos de cada participante e o encontro terminou, depois de todos tirarem uma foto comemorativa, numa atmosfera harmoniosa.

Os participantes relataram suas impressões: “A explicação sobre purificação, dando como exemplo o aparecimento de sombras com a incidência da luz, foi marcante” e “Ao escutar o que nos foi transmitido hoje, sinto que, se conseguirmos praticar exatamente como nos foi passado, a forma de fazermos difusão vai realmente mudar.”

Amanhã, finalmente será o dia tão esperado por todos! Nas dependências da Sede Central, na cidade de Miryang, serão realizados os Cultos às Almas dos Antepassados e Comemoração pelos 30 anos de Fundação da Sede Central da Coreia do Sul. Entre os mais de 100 representantes do exterior, tivemos 17 membros brasileiros que certamente oraram representando os membros do mundo inteiro!

Caminharemos com Kyoshu-Sama!

Este conteúdo está disponível em: 日本語 English