Encontro de Kyoshu-Sama com Diretores e Ministros da Igreja Mundial do Messias – Portugal e Ministros do Exterior
Sheraton Lisboa Hotel & Spa, Lisboa, Portugal
31 de outubro de 2019

 

Bom dia!

Hoje, eu gostaria de falar sobre o que Kyoshu-Sama está nos orientando sobre o Johrei.

Por muito tempo, por muito tempo, Kyoshu-Sama tem ensinado para nós que é muito importante entregarmos nossos sentimentos e emoções para Deus, em nome do Messias.

Por que nós podemos entregar nossos sentimentos? Por que Deus quer acolher tudo o que nós sentimos?

Deus sempre está querendo acolher todos os nossos pensamentos, tudo o que nós pensamos. E eu acho que Deus está sempre nos envolvendo com a Sua grande mão. Deus nos envolve com a Sua mão, envolvendo também nossos corações e nossos sentimentos. O que Kyoshu-Sama está nos orientando é que essa mão de Deus é a verdadeira mão do Johrei.

Quando nós ministramos Johrei, essa mão é a nossa mão ou a mão de Deus? É muito importante para nós, reconhecer essa diferença. Se a mão de Deus existe, será que existe algum momento em que Deus não ministra Johrei?

Eu acho que não. Deus está sempre ministrando Johrei dentro de nós, porque Ele quer acolher o que nós sentimos e o que nós pensamos.

Então, nós queremos sempre ministrar Johrei, não é verdade? Mas talvez haja momentos em que nós não podemos ministrar Johrei para outras pessoas. Mas, se estamos sozinhos em casa à noite, talvez cada um de nós sinta muitas emoções como, por exemplo, sentir raiva de outra pessoa. Mas, nesse momento, é importante para nós pensar: “Ah, nós sentimos esses sentimentos negativos porque Deus está nos transmitindo o Johrei e nos envolvendo com a Sua luz”. E, ao mesmo tempo, se nós pensarmos: “Ó, Deus! O Senhor quer acolher esse sentimento, essa emoção, no Seu Paraíso? Deus, por favor, eu vou entregar esse sentimento”, Deus vai falar para nós: “Ah, você entendeu! Eu estou ministrando Johrei dentro de você. É isso mesmo! Você entendeu? Então está bom!”.

Eu acho que é esse o ponto que Kyoshu-Sama está nos orientando e que esse é o verdadeiro significado do Johrei.

Quando nós podemos ministrar Johrei para outros, eu acho que é importante que nós pensemos: “Ah, agora eu estou transmitindo, ministrando Johrei, mas, se eu não puder ministrar Johrei, Deus estará sempre ministrando Johrei dentro de mim e dentro das pessoas que eu estou ministrando Johrei”. Deus sempre está ministrando Johrei para toda a humanidade, sempre!

Um ano antes da sua ascensão, Meishu-Sama teve uma purificação. Ele sofreu derrame cerebral, mas, logo depois dessa purificação, Meishu-Sama disse muitas vezes: “A partir de agora o Johrei não é tão importante, mas, agora, nós vivemos na era do sonen”. Talvez não soubéssemos disso, mas Meishu-Sama disse isso muitas vezes para pessoas próximas. Mas Meishu-Sama não conseguiu transmitir o que essas palavras verdadeiramente significam.

Entretanto, eu acho que Kyoshu-Sama, recebendo o verdadeiro sentimento de Meishu-Sama, está agora nos transmitindo o que Meishu-Sama quer transmitir para nós através dessas palavras.

Kyoshu-Sama não está negando o Johrei. Meishu-Sama e Kyoshu-Sama estão tentando transmitir para nós que Deus existe dentro de nós e que Ele está sempre ministrando Johrei para nós, porque Deus quer salvar o mundo todo, o mundo todo!

Toda a humanidade existe dentro de nós. Todos os ancestrais da humanidade também existem em nosso interior. O ato de podermos entregar um sentimento pode trazer a salvação para as pessoas que existem dentro de nós.

Então, eu acho que o que Kyoshu-Sama está nos orientando é muito importante para salvar toda a humanidade. E também eu acho que isso mostra a imensidade da nossa missão e o quão imensa é a missão da nossa Igreja. Porque, até hoje, talvez nós pensamos quem é o melhor: Meishu-Sama ou Jesus Cristo? Quem é o melhor?

Talvez, nós estamos tentando pensar: Meishu-Sama é o único Messias ou não? Então, quem é Jesus Cristo? Se Meishu-Sama é o único Messias, quem é Jesus Cristo? Nós temos essa pergunta, esse questionamento, dentro de nós.

Mas se a alma que existe dentro de Meishu-Sama e dentro de Jesus Cristo é a alma de Deus, será que nós podemos comparar quem é o melhor? Não! A alma de Deus é única, e não podemos compará-la.

A alma que existe dentro de Jesus Cristo e dentro de Meishu-Sama é a mesma alma de Deus, chamada Messias. Mas não é só isso. Dentro de nós, a luz existe, a luz! A alma de Deus, chamada Messias, existe em nosso interior.

Por que a alma de Deus – a luz – existe dentro de nós?

Nós estamos sempre sendo utilizados e sentimos muitas emoções, muitos sentimentos. Uma vez, Meishu-Sama disse que ele iria salvar Jesus Cristo, mas eu acho que não entendemos o significado dessas palavras. Para nós, quando ouvimos essas palavras, tentamos comparar: “Se Meishu-Sama disse isso, talvez ele seja melhor do que Jesus Cristo”. Mas eu não penso assim. Eu acho que Meishu-Sama não quis transmitir que ele é melhor do que Jesus Cristo, mas sim, a imensidade da nossa missão, o quão imensa ela é.

Até hoje, ninguém pôde transmitir o que Jesus Cristo verdadeiramente quis dizer. Mas Meishu-Sama, ao nascer de novo como o Messias, tornou-se um modelo para humanidade e, verdadeiramente, herdou o desejo de Jesus Cristo. Ninguém até hoje pôde herdar o verdadeiro sentimento de Jesus Cristo. Mas Meishu-Sama, pela primeira vez na história da humanidade, finalmente conseguiu fazer isso. Meishu-Sama está tentando transmitir-nos a Verdade de Deus, a Verdade de Jesus Cristo. A nossa missão é aceitar essa Verdade e precisamos tentar transmiti-la para muitas pessoas.

Até hoje, ninguém foi capaz de herdar o verdadeiro desejo de Jesus Cristo. Mas Meishu-Sama o fez! Por esse motivo, acredito que Meishu-Sama disse que estava salvando Jesus.

Eu acho que nós não conseguimos sentir o verdadeiro desejo de Meishu-Sama, não é? Mas, através de Kyoshu-Sama, nós agora sabemos o que Meishu-Sama verdadeiramente quer, o que é a verdadeira salvação e o que é a verdadeira salvação de Jesus Cristo. E, eu acho que, portanto, a nossa missão é muito grande. A nossa missão é realmente muito grande, imensa!

Eu quero percorrer esse caminho muito grande, muito importante para a salvação da humanidade, e eu gostaria de caminhar por ele sempre com Kyoshu-Sama e sempre com vocês também.

Obrigado.

Pergunta feita ao Masaaki-Sama

Pergunta: Com a globalização e o acesso à internet os membros do exterior já tomaram conhecimento da quantidade de Ensinamentos de Meishu-Sama que não tivemos acesso até ao momento devido à questão do idioma e da diretoria da Igreja. Isso nos leva a um sentimento de inferioridade com relação aos membros japoneses, apesar de sabemos do grande esforço de Kyoshu-Sama em escolher e revisar os Ensinamentos para os cultos mensais e cerimônias. Com o “segundo nascimento” da Igreja Mundial do Messias e com a oportunidade de iniciar uma fé completamente nova como podemos encarar essa situação dos Ensinamentos e cumprir o desejo dos membros terem acesso à totalidade dos mesmos?

Min. Fernando Chagas Alambert
Presidente da Igreja Mundial do Messias – Portugal

Resposta: Fernando, pode sentar-se.

Sua pergunta é sobre ensinamento, não é? Sobre vocês ainda não terem acesso a totalidade dos Ensinamentos. E que vocês sentem inferioridade por causa disso.

Eu também acho que é melhor vocês poderem ter acesso a totalidade dos Ensinamentos de Meishu-Sama. E eu, com Kyoshu-Sama, vou me esforçar para fazer a tradução. Eu vou continuar a fazer traduções com Kyoshu-Sama.

Mas eu acho que nós precisamos pensar sobre um ponto. Esse ponto é muito importante. A questão é: De quem vem os Ensinamentos de Meishu-Sama? De quem Meishu-Sama recebeu os seus ensinamentos? Os ensinamentos pertencem quem?

A resposta é: Deus.

Deus preparou os Seus ensinamentos e outorgou Seus ensinamentos para Meishu-Sama. Eu acho que esse é o ponto mais importante. Porque, se os ensinamentos vêm de Deus, Ele existe dentro de nós. Não é somente dentro de Meishu-Sama. Deus existe dentro de nós e os Ensinamentos de Meishu-Sama vêm de Deus. Nós precisamos reconhecer esse ponto antes de dizer qualquer coisa.

Meishu-Sama escreveu um salmo. Em português é: Milhões dos ensinamentos / em poucas palavras / é o sentimento de Kannon. Mas, agora, Kannon já se tornou o Messias. Então, esse salmo é: Milhões dos ensinamentos / em poucas palavras / é o sentimento de Messias.

“Sentimento de Messias”. O que é o “sentimento de Messias”?

Porque existem milhões dos ensinamentos, palavras. São muitas palavras de Meishu-Sama…mas, em poucas palavras, são o sentimento de Messias.

Messias, ou seja, Deus, quer se unir conosco sempre. Portanto, nós precisamos aceitar isso: O sentimento de Deus existe dentro de nós; Deus existe dentro de nós e o sentimento de Messias existe dentro de nós.

Outro ponto: O Deus que existe dentro de nós é perfeito ou imperfeito?

Ele é perfeito, não é?

Estamos sempre preenchidos por Ele. Se pensamos “nós não podemos receber o sentimento de Deus perfeitamente porque não sabemos a totalidade de Meishu-Sama”, Deus vai falar para você: “Você não aceita a Mim? Não acredita que sou perfeito?”.

É difícil traduzir todos os ensinamentos, pois é preciso tempo. Talvez sejam necessários 50, 60 ou 70 anos para completar toda a tradução. Talvez, não dê para traduzir tudo enquanto você estiver vivo. Então, você pode pensar: “Eu não estou recebendo a totalidade do sentimento de Meishu-Sama”. Ou, você pode viver sua vida pensando: “Não! Estou preenchido pelo sentimento de Deus, que é perfeito!”. Você precisa tomar essa decisão, decidir isso dentro de você.

Porque, se nós pensarmos sobre o que nos falta, vamos perceber que sempre nos faltam muitas coisas. Mas Deus é perfeito e Ele vive dentro de nós. Eu acho que esse ponto é muito importante. Reconhecer isso é muito importante.

Quando aparecer aquele sentimento, igual ao da sua pergunta: “ah, me falta isso ou aquilo”, procure pensar: “Ah, não! Deus é perfeito. Não me falta nada”. Se você pensar dessa forma, Deus vai preparar o que é necessário para você. Isso eu acho que é muito importante.

Obrigado.

Versão em PDF: Encontro de Kyoshu-Sama em Portugal_Masaaki-Sama