世界メシア教 Igreja Mundial do Messias World Church of Messiah

4 de fevereiro de 2020 – Aniversário de 70 anos da instituição da Igreja Mundial do Messias por Meishu-Sama.

Nesse dia em que celebramos anualmente o Culto do Início da Primavera, a celebração desse culto foi um momento único e histórico para todos os participantes, o termo Messias ressurgiu, depois de 63 anos, no nome da nossa organização religiosa – a identidade da nossa religião.

Apesar de o culto ter sido realizado em um dia de semana, cerca de 5200 seguidores de Meishu-Sama se reuniram no Hotel RIHGA Royal, em Osaka e participaram dos cultos realizados em dois horários – um pela manhã e outro à tarde.

Antecedendo ao culto, centenas de membros se reuniram no saguão do hotel e formaram longas filas para entrarem no auditório onde o culto foi realizado, que não comportou o grande número de participantes.

Neste dia, a alegria por estarem presentes no local onde foi celebrada a ressureição da Igreja Mundial do Messias preencheu todo o auditório. Todos os membros almejam, com vigor, iniciar a prática concreta da verdadeira salvação por Meishu-Sama.

Cada culto teve início com a entrada de Kyoshu-Sama. Solenemente, Kyoshu-Sama entoou a Oração do Culto do Início da Primavera e, acompanhado por todos os participantes, as orações Amatsu-Norito e Zenguen-Sanji. Após entoarem os salmos de Meishu-Sama, escolhidos para o culto, foi lido o ensinamento: “Palavras de Meishu-Sama referentes ao falecimento do reverendo Nakajima, em fevereiro de 1950”. Em seguida, Kyoshu-Sama ministrou Johrei.

Após a saudação do Pres. Narii, foi exibido o vídeo: Nascemos na Terra para nos tornarmos filhos de Deus – Rumo à Igreja Mundial do Messias – Transcendendo um período de 70 anos. Em seguida, foi exibido uma apresentação da Igreja Mundial do Messias, que está sendo utilizado como vídeo de capa das páginas oficiais no Facebook.

Em seguida, o sucessor de Kyoshu-Sama, Masaaki-Sama, transmitiu sua saudação e, posteriormente, recebermos as palavras de Kyoshu-Sama.

Após transmitir suas palavras, Kyoshu-Sama desceu do palco em meio ao palmas que ecoaram pelo auditório e todos cantaram o Hino Regresso ao Lar, cuja letra foi composta por Kyoshu-Sama. Novamente, uma salva de palmas ecoou pelo auditório, encerrando assim os cultos repletos de alegria.

Neste dia propício para o ressurgimento do nome Igreja do Messias, todos saborearam a sensação de poder caminhar como membros da Igreja Mundial do Messias e deixaram o auditório repletos de esperança e entusiasmo.

Este conteúdo está disponível em: 日本語 English