No dia 1º de novembro, Kyoshu-Sama, o Senhor da Liturgia, oficiou o Culto Mensal de Novembro realizado na Sede da Igreja Mundial do Messias. Também estiveram presentes a Mayumi-Okusama, o Masaaki-Sama, sucessor de Kyoshu-Sama, e, com restrições quanto ao número de participantes, membros da região Higashi-Nihon. 

O culto teve início às 11h30 com a entrada de Kyoshu-Sama, que entoou a Oração do Culto Mensal e, após o Ofertório de Gratidão, entoou as Palavras de Oração. Em seguida, todos entoaram a Oração Amatsu-Norito. 

Posteriormente, perante o Santuário dos Antepassados, todos oraram aos antepassados e espíritos recém-falecidos. Em seguida, perante o Altar de Deus, foram entoados os salmos de Meishu-Sama e, após a leitura das Sagradas Palavras de Meishu-Sama “Sermões acerca da Bíblia”, Kyoshu-Sama ministrou Johrei. 

Após a retirada de Kyoshu-Sama, o Masaaki-Sama transmitiu sua saudação, intitulada “O futuro prometido”, orientando com muito fervor que, para Meishu-Sama, Deus é o Pai Celestial e o alvo da nossa fé; que Meishu-Sama afirmou que o oratório Messias, composto por Handel, era maravilhoso e queria que os membros o cantassem; que o fato de surgir em nós o sentimento de rejeição pelo termo Amém, cantado no coro Amém desse oratório, consiste em um desvio do sentimento de Meishu-Sama, que afirmou que a letra do oratório é maravilhosa. E, com muita convicção, também afirmou que o objetivo final de Meishu-Sama é, em suma, nascer de novo como filhos de Deus, caminhando rumo ao futuro prometido e servindo a Deus por toda a eternidade com alegria junto a Meishu-Sama e a Jesus Cristo; e, que estamos participando da “corrida da vida”, da qual nenhum de nós desistirá. 

Os membros deixaram a Sede da Igreja Mundial do Messias esperançosos em estar participando da corrida da vida mencionada pelo Masaaki-Sama, cientes de que caminharão rumo a um futuro glorioso e repleto de esperanças.

Este conteúdo está disponível em: 日本語 English