No dia 1º de julho, Kyoshu-Sama, o Senhor da Liturgia, oficiou o Culto Mensal de Julho realizado na Sede da Igreja Mundial do Messias.

Em sua saudação, Masaaki-Sama orientou com vigor que ao invés de primeiro objetivar saber quais boas ações fazer para sermos salvos, sem admitir por iniciativa própria que somos pecadores, apesar de estarmos “à mercê dos fatos” diante do julgamento, temos que nos agarrar à sagrada mão do Messias e, por iniciativa própria, dizer: “Eu quero ser considerado inocente”.

Masaaki-Sama também orientou com inabalável convicção que, com Sua imensurável compaixão, Deus está a nossa espera por já ter proferido Seu julgamento desde que nos concebeu, dizendo: “Eu os perdoo, independentemente do que venha a acontecer”, orientando também a importância de possuirmos, mesmo que por um instante, o sentimento de que “nada mais pedirei, além disso” e de que “nada mais pedirei, a partir de agora”, transmitindo-o a Deus, que nos perdoou apesar de acabarmos sempre pedindo tudo o que queremos, e que se nos postarmos perante Deus com coragem, deixando que Ele nos abrace, conseguiremos saborear novamente a imensurável alegria que sentíamos no Céu.

Choveu durante o culto realizado neste dia, mas o semblante dos membros estava reluzente como um dia ensolarado por tomarem conhecimento de que Deus é amor, partindo da sede repletos de esperança em seu coração.

Este conteúdo está disponível em: 日本語 English