No dia 1º de setembro, Kyoshu-Sama, o Senhor da Liturgia, oficiou o Culto Mensal de Setembro, realizado na Sede da Igreja Mundial do Messias. 

Em sua saudação, Masaaki-Sama questionou a nossa postura de não conseguirmos nos libertar da fé professada até hoje, que tornou mundano o amor ao próximo e a gratidão pregados por Meishu-Sama, criando formas com preceitos, enquanto sofríamos e fazíamos outras pessoas sofrerem em uma busca voltada somente para o próprio crescimento. 

Ademais, Masaaki-Sama orientou com muito vigor que o que Meishu-Sama e Kyoshu-Sama estão pregando é uma fé completamente nova que transcende uma fé de preceitos. 

E, com palavras repletas de amor, disse que, para Deus, os sentimentos feios que possuímos, bem como o sentimento de achar que não seremos salvos, são, por si próprio, ingredientes para salvação e que, portanto, entregá-los a Deus sem disfarçá-los é o que mais O alegra. 

Os membros que participaram do culto deixaram a sede com a sensação de leveza por terem sido libertados de uma “jaula” – os preceitos existentes até hoje – na qual todos estavam presos.

Este conteúdo está disponível em: 日本語 English