Felicitações pelo Culto da Primavera da Igreja Mundial do Messias.

Antes de tudo, sinto que o fato de o Culto da Primavera, realizado hoje, ser coincidentemente na mesma data em que, este ano, os cristãos estão comemorando a Páscoa, festividade religiosa que celebra a ressurreição de Jesus, possui um grande significado.

Há pouco, sob as orações de Kyoshu-Sama, o Senhor da Liturgia que é a única existência que nos revela a vontade de Meishu-Sama no Mundo Material, tive a permissão de celebrar o Culto da Primavera deste ano junto a todos os membros. Desejo, portanto, expressar minha mais sincera e profunda gratidão ao Senhor Deus, a Meishu-Sama, que é uno ao Senhor Deus, e a Kyoshu-Sama.

Também estamos recebendo hoje a ilustre presença da Mayumi-Okusama e do Masaaki-Sama, sucessor de Kyoshu-Sama. Peço licença para apresentá-los.

Mayumi-Okusama, Masaaki-Sama, com todo respeito, peço para que se levantem, por gentileza.

Muito obrigado.

Posteriormente, receberemos a saudação do Masaaki-Sama. Muito obrigado.

Bem, assim como no Culto do Início da Primavera realizado há alguns meses, hoje nós estamos tendo novamente a permissão de orar perante o símbolo da Igreja que Meishu-Sama tanto amou – o símbolo no qual está imbuído o sentimento de Meishu-Sama ao fundar a Igreja Mundial do Messias.

No Culto do Início da Primavera deste ano, Kyoshu-Sama nos revelou o seguinte:

 
Esse símbolo representa o fato de a vontade da criação do Senhor Deus, ou seja, a vontade de dar à luz Seus filhos, transpassa por todas as existências, e que o Senhor Deus é quem governa a tudo e a todos.

E nos orientou o seguinte:


Antes de termos sido enviados à Terra, esse símbolo, juntamente ao sagrado nome Messias, foi gravado em nossa alma no Paraíso, que é onde o Senhor Deus se encontra.
Fomos enviados à Terra com esse símbolo gravado em nós e, portanto, o Paraíso onde foi consumada a vontade da criação do Senhor Deus continua existindo agora no centro da nossa consciência.

E continuou:

 
Dentro de nós, Deus que brilha gloriosamente vive, e o caminho para o nascer de novo como filhos de Deus, como Messias, foi consumado.

Com isso, Kyoshu-Sama expressou que, neste exato instante, cada um de nós precisa reconhecer e decidir se acredita ou não nesse fato importantíssimo.

Aceito como algo extremamente importante o fato de, sob a vontade do Senhor Deus, Meishu-Sama e Jesus estarem atuando em união, e por eu estar sendo despertado agora, através de Kyoshu-Sama e Masaaki-Sama, para a verdadeira salvação que está sendo concretizada dentro de mim.

Hoje, no Culto da Primavera, que concidentemente teve a permissão de ser realizado no dia em que é celebrada a Páscoa, eu gostaria de, novamente, refletir com vigor e profundidade a respeito da graça de um ser imperdoável como eu ter sido perdoado através do sangue expiatório oferecido por Jesus, que Kyoshu-Sama expressou claramente ser o fundamento da Transição da Noite para o Dia.

Ademais, como um pioneiro que foi informado da verdadeira salvação, sem precedentes na história da humanidade, comprometo-me em servir com alegria e gratidão, e com determinação e fervor no meu coração, para propagar a verdadeira salvação imbuída no sagrado nome Messias, sob permissão do Senhor Deus, junto aos membros do mundo inteiro sob a liderança de Kyoshu-Sama.

Senhores, como um ser ligado à Igreja Mundial do Messias que Meishu-Sama realmente almejou, vamos gravar em nosso coração esse orgulho e responsabilidade, trilhando com muita alegria o caminho pelo qual transmitiremos de forma imparcial a chegada de uma nova era na qual a glória de Deus brilha intensamente.

Muito obrigado.

Este conteúdo está disponível em: 日本語 English