Culto do Outono – 2 de outubro de 2021

 
Sagradas Palavras de Meishu-Sama

“Características peculiares da salvação pela nossa Igreja”

A missão da nossa Igreja é salvar aqueles que estão sofrendo no inferno ao Paraíso e, com isso, transformar a sociedade em um estado paradisíaco. A fim de salvar as pessoas ao Paraíso, vocês devem primeiro subir ao Paraíso e se tornarem habitantes dele. Então vocês poderão puxar todos ao Paraíso e trazer eles à salvação. Em outras palavras, vocês precisam estender uma escada do Paraíso ao inferno, estender sua mão e puxar as pessoas, um degrau de cada vez, por meio dessa escada. Essa forma de salvação é diferente, ou melhor, o oposto de todas as outras religiões que existiram até hoje.

Como todos sabem, pessoas religiosas eram geralmente resignadas a uma vida escassa, pobre e acética, e, enquanto viviam na pobreza, ou melhor, no inferno, tentavam salvar muitos. Ou seja, elas usavam a escada no sentido oposto, empurrando as pessoas para cima. Acho que vocês podem imaginar o quão difícil é empurrar pessoas de baixo para cima em vez de puxá-las do Paraíso.

Dito isso, era inevitável isso no passado, pois o Paraíso não havia sido estabelecido ainda. Ou seja, o tempo não havia amadurecido ainda, porque o Mundo Espiritual ainda era noite. No entanto, a partir de 1931, o Mundo Espiritual tem se tornado gradualmente dia e, portanto, está ficando mais fácil construir o Paraíso. Mas tenham em mente o seguinte: não é o ser humano quem o constrói, mas Deus. A construção do Paraíso avançará naturalmente com o passar do tempo, portanto, tudo o que precisamos fazer é seguir as instruções de Deus. É Deus quem planeja, gerencia e utiliza muitas pessoas da maneira que Ele considera adequado. Sou como um encarregado que supervisiona a Sua obra. Como parte do meu trabalho, estou agora fazendo uma cópia do Paraíso, como todos sabem.

Por assim ser, quando menos espero, as pessoas me dizem que querem me vender um terreno em um lugar que nunca imaginei. Quando isso acontece, penso comigo mesmo: “Ah, acho que Deus está me convidando a comprar esse terreno”. E, assim que penso isso, a quantidade necessária de dinheiro para comprá-lo se reúne sem nenhum problema. Logo depois, tudo o que eu preciso vem até mim sem falta: o arquiteto mais adequado, o engenheiro civil mais adequado, e todos os materiais que eu necessito. Até mesmo uma árvore para o jardim é trazida até mim por alguém do nada e, para a minha surpresa, sempre há um lugar adequado para ela. Às vezes, sinto-me perdido, sem saber o que fazer quando algumas árvores e, às vezes, dezenas delas chegam de uma vez. Mas, como sei que é Deus quem manda tudo isso, vou plantando uma a uma, observando o jardim de perto. E vejam o que acontece. Todas as árvores são perfeitamente plantadas, sem excesso e sem escassez. Quando algo como isso acontece, eu sempre me lembro que é realmente Deus quem está no controle de tudo. Quando penso que eu preciso deste tipo de pedra ou daquele tipo de árvore, isso vem até mim em um ou dois dias sem falta. O que é isso senão um milagre? Tenho mais histórias como essas, e eu poderia continuar contando uma após a outra. No entanto, deixem-me fazer isso outra hora, pois quero apenas que vocês tenham noção da grandeza de Deus.

Quero que saibam que estou escrevendo isso para que vocês entendam que não é o ser humano quem avança a divina obra. Em vez disso, é Deus quem utiliza os seres humanos como Ele acha adequado, de acordo com o Seu divino plano. Sabendo disso, é mais do que claro que a vontade de Deus é fazer uma cópia do Paraíso como o primeiro passo para a construção do Paraíso Terrestre. Mas deixem-me dizer isto: não são somente cópias, mas cada ser humano também precisa se tornar um habitante do Paraíso, ou melhor, chegou o momento em que cada ser humano pode se tornar seu habitante. Não é preciso dizer que seu lar, sua família, precisa se tornar um Paraíso, também. Dessa maneira, todos os aspectos da sua vida se transformam em Paraíso. É só assim que vocês serão capazes de puxar muitos do inferno em que estão, ao Paraíso. Eis o porquê de eu sempre dizer aos meus seguidores que eles precisam organizar sua vida de forma que haja o mínimo de preocupação possível. Afinal, é isso o que Deus deseja. Deixem-me colocar desta maneira: a menos que os três sofrimentos – doença, pobreza e conflito – sejam removidos, ninguém jamais consegue salvar o próximo no sentido verdadeiro. Isso era impossível no mundo da noite, mas vocês precisam saber que hoje isso se tornou possível. O tempo do mundo de sofrimento, que o renomado Buda Sakiyamuni disse, já terminou. Se vocês vierem a compreender o que isso realmente significa, a alegria que vocês sentirão será realmente imensa; trata-se de uma alegria que a humanidade ainda não experimentou.

Contos de Milagres, 5 de outubro de 1949

Este conteúdo está disponível em: 日本語 English