No dia 3 de abril, sob a oração de Kyoshu-Sama – o único que herda a sagrada obra de Meishu-Sama – foi celebrado o Culto da Primavera no Hotel Grand Nikko Tokyo Daiba. 

De fato, há dois mil anos Jesus ofereceu o sangue expiatório para ninguém mais ninguém menos do que para mim; ele ressuscitou por mim, revelando o caminho da vida eterna! A grande surpresa ao receber essa orientação de Kyoshu-Sama foi algo pelo qual não havia como virar as costas, tapar os próprios ouvidos ou ignorar. 

Em vez disso, ao encará-la de frente, percebe-se que se abre diante dos nossos olhos – olhos de um ser como eu que perambulava perdido em meio a escuridão – um mundo repleto de Luz. 

Fugir dessa Luz ou mergulhar nela? 

Eu quero mergulhar nela. Mergulhar e servir como um membro sagrado, que Kyoshu-Sama mencionou, com o desejo de que Meishu-Sama realmente se alegre. Oro assim de todo meu coração para estar totalmente preparado e avançar rumo à Cerimônia Especial de Comemoração do Nascimento do Messias.

 
—————
Links relacionados:
Palavras de Kyoshu-Sama
https://youtu.be/o8Xl_ZpaG4Q (original em japonês)

 
Saudação do Masaaki-Sama
https://youtu.be/EaJBCshuQqg (original em japonês)

 
“A Mão de Amor” – canção original da Igreja Mundial do Messias cuja letra foi composta pelo Masaaki-Sama.
https://youtu.be/T5WE1lbZRq8 (Apresentação pelo Coral Messias – coral formado por jovens – no Culto da Primavera de 2022)

Este conteúdo está disponível em: 日本語 English